Aeromodelismo para iniciantes – Parte II

Depois de algum tempo, disponibilizo a segunda parte da série Aeromodelismo para iniciantes, para quem não leu a primeira parte leia aqui: 

Aeromodelismo para iniciantes – Parte I 

Aerodinamica dos comandos 

Uma coisa fundamental para um bom começo é não tentar começar pilotando logo de vez, é necessário se preparar antes. Uma das coisas mais comuns é tentar logo pilotar e isso pode fazer você perder seu aeromodelo e perder sua vontade pelo aeromodelismo. Tendo isso em mente, vamos ao tópico. 

Antes de começar é importante saber o que cada comando dado irá provocar no aeromodelo. Não precisamos entrar aqui no mérito da fisica ou da aerodinamica, mas é importante saber qual são as reações de cada comando. 

Comandos básicos num avião

Comandos básicos num avião

 

Os comandos mais básicos de um aeromodelo são, o controle de velocidade, ailerons, profundor e leme. Vou abordar cada um deles aqui. 

Controle de Velocidade 

Aqui no Brasil, onde optamos pelo Mode 2, é o primeiro stick do controle (lado esquerdo) na movimentação vertical (para quem quiser saber mais veja o artigo sobre rádios). Ele é responsável pela velocidade do aeromodelo, é isso que vai dar a sustentação ao modelo. Existe para cada modelo uma velocidade minima para continuar com a sustentação, ou seja para continuar voando. Esse stick em questão é o único que fica parado aonde você deixou, ao invés de voltar ao meio, permitindo que você deixe a velocidade constante até que você queira mudar. 

Ailerons 

Os ailerons são os comandos que ficam na asa principal, ficam normalmente posicionados na ponta das asas, mas podem ocupar ela toda ou só o meio. Eles devem ser contrários, ou seja, quando o comando da asa esquerda sobe, o da direita desce. Isso vai provocar a rotação do avião em seu próprio eixo conforme figura abaixo. 

Funcionamento do aileron

 

Esse movimento é  utilizado para estabilizar o aeromodelo horizontalmente, ou para fazer curvas e manobras. Abaixo outra ilustração para observar os comandos como serão realizados pelo aeromodelo e seus comportamentos.   

 

O aileron para cima provoca a passagem do ar em direção diferente fazendo com que a pressão em cima seja maior, fazendo com que essa parte vá para baixo. Ou seja, quando o aileron da asa esquerda estiver para cima, o da direita estará para baixo e o aeromodelo irá rodar para esquerda. 

Os ailerons neutros são a única posição em que nos dois lados permanecem iguais (pelo menos devem permanecer, senão não irá funcionar corretamente). Isso faz com que o aeromodelo continue estável se estiver horizontal irá permanecer assim, se estiver inclinado da mesma forma ficará inclinado (a não ser que haja outras forças mudando-o, por exemplo o vento). 

Os ailerons para baixo, fazem o contrário dos para cima, ou seja, caso o aileron da esquerda estiver para baixo ele irá rodar para a direita (ou seja, a asa esquerda irá subir, fazendo a direita descer). 

Profundor 

O profundor é o comando que fica normalmente na cauda, mas em alguns casos está na parte frontal do aeromodelo, nesses casos é comum chama-lo de canard. O movimento desse comando provoca a inclinação da cauda para cima ou para baixo. 

 

Esse movimento é  utilizado para estabilizar o aeromodelo verticalmente, ou para faze-lo subir e descer e fazer algumas manobras. Abaixo outra ilustração para observar os comandos como serão realizados pelo aeromodelo e seus comportamentos.   

Quando o comando do profundor fica para cima como na figura ao lado, ele promove a cauda para baixo fazendo o bico ir para cima, ou seja é o comando de fazer o aeromodelo subir. Esse comando é atribuido a movimentação vertical do stick direito do controle. O movimento para baixo do stick faz o profundor ir para cima.

Nessa posição o aeromodelo continua em sua trajetória em linha reta, esse movimento é provocado deixando o stick direito em seu movimento vertical na posição neutra (central).

Quando o comando do profundor fica para baixo como na figura ao lado, ele promove a cauda para cima fazendo o bico ir para baixo, ou seja é o comando de fazer o aeromodelo descer. Esse comando é atribuido a movimentação vertical do stick direito do controle. O movimento para cima do stick faz o profundor ir para baixo.

Leme

O leme tem o mesmo funcionamento que o famoso leme conhecido na navegação, ele promove a movimentação lateral da cauda do aeromodelo, fazendo com que a cauda do aeromodelo vá para os lados fazendo o modelo mudar sua direção.

Esse movimento é utilizado para mudar a direção do aeromodelo, alguns os utilizam para realizar curvas, porém a maioria utiliza o mesmo para manobras como torque roll, voo de faca e para o pouso e taxiamento.

Quando o leme está virado para direita faz com que a cauda do aeromodelo vá para esquerda e o bico vai para direita, ou seja, o aeromodelo vai para direita.

Quando o leme está neutro, faz com que o aeromodelo fique em uma posição estável sem mudar sua direção.

Quando o leme está virado para esquerda faz com que a cuada do aeromodelo vá para a direita e o bico vai para esquerda, ou seja, o aeromodelo vai para esquerda.

Aprenda a Escolher seu Aeromodelo

30 Comments

(Required)
(Required, will not be published)