Adesivos e Colas

Muito se fala sobre esse assunto, realmente esse é um fator que contribui na construção, tanto para chegar ao objeto desejado, ou seja sua facilidade na manipulação, quanto para seu peso atribuido ao modelo, que muitas vezes influencia no tipo de vôo que irá obter se não se atentar ao fator peso.

Há muitos tipos e variações, além de misturas que podem ser feitas dos adesivos conhecidos com outros materiais ou mesmo adesivos para obter outros tipos, por isso não acredito que conseguirei abordar todos, mas tentarei colocar os principais.

Adesivos vinílicos

São as famosas colas de carpinteiro. Têm uma capacidade muito boa de adesão em uniões madeira-madeira, madeira-papel e madeira-poliestireno (isopores e etc). São solúveis em água e funcionam por evaporação, por isso a secagem é bem lenta.

Quase não formam corpo, o que exige que as uniões estejam bem ajustadas e fixadas temporariamente, para a secagem. Tomem cuidado porque ao secar elas contraem e são dificeis de lixar por deixar uma pelicula plástica engomada.

Ultimamente mais usados em conjunto com as entelagens tanto feitas manualmente como as entelagens industriais.

Adesivos celulósicos

São bem desenvolvidas para colagem balsa-balsa e balsa-papel. São solúveis em acetona, acetato de etilo e tolueno. Funcionam por secagem do solvente e por isso é ele quem manda na velocidade da secagem, que podem variar entre duas horas (secagem lenta) e 5 minutos (secagem rápida). Há pouca contração em sua secagem e são fáceis de lixar.

Utilizados em aplicações de balsa.

Adesivos de Contato

São as colas mais conhecidas como brancas que ao secar dão transparencia, como cola de isopor por exemplo é um tipo de cola de contato. Dentro deste grupo existem vários tipos, sempre de acordo com o solvente utilizado. Por se destacar normalmente por sua transparencia são bastante utilizadas na fixação de cabines transparentes. Com exceção das que são específicas para esse fim, a mairia tem o tolueno como solvente o que acaba atacando o poliestireno e outros plásticos, ou seja, alguns isopores.

A aderencia dessas colas é muito boa não contraem ao secar e atuam por evaporação do solvente, portanto são de demora na cura. São mais eficientes e indicadas para esforços de deslizamentos.

Utilizados em aplicações de balsa e no caso das colas especiais de isopor, em aplicações de isopor, para fixação de estruturas.

Adesivos epoxídicos

Um dos adesivos mais usados no hobby, alguns até falam que resolve tudo, uma das marcas mais conhecidas no meio é a Araldite. Nem sempre, mas é comum encontrar esse tipo de adesivo em dois materiais diferentes que reagem ao se unir para poder realizar a fixação. Ela realmente merece destaque por não pesar muito e ter vários tipos para várias aplicações, algumas de secagem rápida cerca de 5 minutos, outras que demoram a curar até 24 horas. Muito utilizada para vários tipos de reparações, mas também como fator primordial nas estruturas.

Elas posuem características de uniao madeira-madeira, madeira-metal, madeira-plástico e metal-metal. As vezes para reforçar sua fixação é muito utilizado outros materiais como fibra de vidro, de carbono ou kevlar.

A mais utilizada, em praticamente todas as aplicações e finalidades.

Adesivos de cianoacrilato

São mais conhecidas pelas supercolas de secagem ultra rápida, mais popular Super Bonder. Mas não confundir, ela é um dos tipos. Sua caracteristica é trabalhar anaeróbicamente, ou seja, reage a falta de ar que se dá na união, por isso sua velocidade. Existem vários graus de viscosidade o que mudam suas caracteristicas de tempo de secagem e tipo de fixação. A liquidas são ultra-rápidas (1 a 5 segundos) então a fixação normalmente já deve estar no local correto ou pronta para ficar. As de viscosidade média são de 10 a 20 segundo o que dá um pouco mais de tempo para moldar o material a ser fixado e as em gel que dão de 30 segundos a 1 minuto.

Como nas super colas, sua adesão é incrivelmente forte, o que ocasiona rompimentos em outros lugares (caso tenha algum impacto), mas dificilmente será rombido o local de fixação.

Utilizado para reparações rápidas e para algumas emendas de comandos, como ailerons, profundores, etc.

Cola quente

A cola quente é um adesivo a base de calor e resfriamento, como o próprio nome diz. Ela tem uma secagem rápida, porém deve ser usada com cautela porque acrescenta peso e se exposta a um pouco de calor perde a aderencia. Sua principal caracteristica é a rapidez e facilidade de construção, é bastante utilizada em aplicações com depron e isopor.

Subscribe to our mailing list

* indicates required Nome * Email *

2 comentários

  • Em 2012.06.13 02:22, aleksei comentou:

    oi possuo um oculos que possui um peça de plastico e ela veio a quebrar o problema que é ela faz parte de um mecanismo que sofre flexao ou seja a parte costumava a entortar um pouco e voltar ao normal esse é o papel da peça , tentei colar com superbonder mas ao usar o oculos pelo superbonder ser quebradiço ao ser tensionada ela se partiu denovo, 6ostaria de saber qual a colar a ser usada nesse caso ja que a empresa nao quer prestar assistencia ao meu oculos.

    ima6ina que vc tem um cabide de plastico, voce pressiona e o cabide entorta mas volta ao normal , só que vc ta com uma fratura no plastico e colou com superbonder tentou pressionar o cabide mas pelo superb ser quebradico acabou quebrando no mesmo local prejudicando a flexibilidade

    • Em 2013.10.28 20:50, Felipe comentou:

      Boa noite,
      Estou comprando um KIT AEROMODELO ARF Super Sportster EP na BIG FIELD HOOBY onde o mesmo requer montagem e antes mesmo de decidir qual seria o KIT baixei seu manual na internet e pude observar que o mesmo precisa de alguns gabaritos e cola para ser montado.
      Gostaria de informações sobre os gabaritos e qual é o melhor tipo de cola para executar essa montagem.
      Desde já agradeço a atenção.

      (Obrigatorio)
      (Obrigatorio, nao sera publicado)